Patita Feia

"Assim como falham as palavras quando querem exprimir qualquer pensamento, assim falham os pensamentos quando querem exprimir qualquer realidade." - F.P.

quinta-feira, novembro 02, 2006

Caroço indigesto

Sentia-se precipícia
Um passo e tudo acabaria
Nunca o deu

Um dia acordou morta
Como a mãe e a avó e a bisavó e todas as outras mulheres antes dela
Nunca o matou
e ela foi morrendo todos os dias
Eva antes dela pecou
e ela o mesmo pecado dela o tomou
a ânsia de mudar
de tudo alterar
a maçã
apodreceu
e nunca floresceu
E ela mal acordou, morreu.
Adão nunca ripostou
nunca gritou
nunca mudo mudou
nunca agiu

Adão deixou-a morrer
Mal ela acordou
E nas suas mãos
o seu corpo tomou

Só aí é que se apercebeu
de perder o que de mais era seu
e aí... também ele morreu.

5 Grasnados:

At 9:48 da tarde, Blogger mfc aQUACKrescentou...

É um sentimento de tristeza...e dói.
Quando assim é, partimos em silêncio.
Quanto àquele que abandona...é claro que se morre um pouco quando se abandona alguém.

 
At 11:20 da tarde, Blogger Ana aQUACKrescentou...

Lindo*

 
At 12:49 da manhã, Anonymous Pecola aQUACKrescentou...

Adorei o "sentia-se precipícia".

O fim, assemelhando-se a um Romeu e Julieta, é trágico mas inevitável.

Gostei mesmo muito de ler e pensar ao sabor das palavras.

--------

on a lighter note: Amanhã baldo-me ao cursinho. Viva a sexta.feira a dois! Com ou sem cobertor! :P

 
At 9:27 da manhã, Blogger Bruna Pereira aQUACKrescentou...

Há muitas coisas que se nos entalam.
E a indigestão pode durar toda uma vida.
:)

 
At 3:47 da tarde, Blogger Bina Ladina aQUACKrescentou...

Sempre um Adão que opta por ficar quieto.. Sempre um arrependimento tardio.. demasiado tardio :(

A diferença entre o teu post poético e os demais é a carga emocional que transporta e transmite a quem lê :)
Os meus parabéns!

 

Enviar um comentário

<< Voltar a' casa do Patos