Patita Feia

"Assim como falham as palavras quando querem exprimir qualquer pensamento, assim falham os pensamentos quando querem exprimir qualquer realidade." - F.P.

domingo, outubro 29, 2006

Desafio

Este desafio anda por , quem sou eu para não o responder...?

Olhos?
2, ambos castanhos de encantos tamanhos – so they say...

Cabelos?
Lisamente castanhos escuros, se bem que o caju e o preto me ficam muito bem.
Vai dependendo da disposição.

Idade?
27 e mais uns trocos.

Altura?
Segundo os Srs. do A. I. Lisboa, 1,67 m

Peso?
Segredo de Estado (nem eu própria o sei, se quero saber desgraças, vejo o telejornal da TVI)

Nacionalidade?
Concebida na Costa Alentejana, fui nascer à Capital (MAC) e Ribatejana desde sempre, Portuguesa dos 7 costados, com todo o orgulho e sempre feliz de ter nascido no melhor lado da fronteira.

Alcunhas de Infância?
Marcelina na minha família Cruz
Cruzeta na minha família Marcelino
Hipopótamo na crueldade dos bons maus tempos do Liceu
MC Buja ou Bujix na Faculdade

Ascendência?
Vítor Cruz (01/03/1949)
Ana Maria Marcelino (18/09/1957-01/01/2005)

Irmãos e/ou Irmãs?
Helena Isabel (04/10/1981) - sorry Mana, estava-te a fazer mais velha...!

Signo?
Tourona (13/05/1979) com ascendente em Aquário.
Cabra de signo Chinês.
(não.. nunca fizeram piadas sobre isso, naaaaaaa....)

Sapatos que está a usar?
Chinelinhos de andar por casa que é tão bom.
Já me chegam os tacões altos durante o dia! (adoro!!!)

Medo?
Neste momento? Que o esparguete coza demais.
De resto, aranhas são uma constante.
Ah e o do costume, perder quem amo, sofrer, ficar inválida, et caetera

Objectivo que gostaria de alcançar?
Atingir todos os objectivos a que me proponho (falo muito mas não digo nada, right?)

Frase que mais uso no msn?
Hasta la pasta.

Melhor parte do corpo?
O cerebelo.
Os olhos.
Os pés (sou a única que os adoro).
O umbigo.
De resto, os bifes do lombo, os couratinhos e a fressura, dispenso.

Pepsi ou Coca-Cola?
Yaca, c’a nojo!
Só utilizo mesmo para limpar as manchas da sanita...

MacDonald's ou Pizza Hut?
Pizza é como sexo.
Mesmo sendo má, continua a ser boa...

Café ou capuccino?
Café, de todas as maneiras e feitios.
Italiana pela manhã, é mais que indispensável.

Fuma?
Infelizmente.
E ainda por cima, gosto!

Palavrões?
Mas do que devia.
Mas nada superar o poder libertador do “Fuoooooooooda-se!!!”

Perfume?
Não aprecio perfumes de mulher.
Durante muito tempo, surripiava “Old Spice”.
Agora é mais “Minotaure ”.
E “Quartz Molineux” da minha Mãe em ocasiões especiais.

Lado da cama?
O que ele não quiser.
Não sou esquisita, durmo em qualquer lado (literalmente).

Canta?
Mal, muito mal.
Com pena, muita pena.

Toma banho todos os dias?
E banhadas também!

Gostava da escola?
Segundo reza a lenda, comecei a aprender a ler e a escrever às escondidas para ir mais cedo para a escola.
Adorei.
Gostei tanto da Faculdade que repeti cadeiras do 1.º e do 2.º ano uma carrada de vezes.

Acredita em si mesmo?
‘Tão a ver o onda do “Matinal”?
Se não for eu, bem tramada estaria!

Dá-se bem com os seus pais?
A minha Mãe sempre foi a minha melhor amiga e a minha referência em tudo.
O meu Pai, como costumo dizer, é um bacano, no entanto, passivo, manipulado, inactivo e inerte demais em tudo.
Não me apetece falar de Padrasto/Madrasta. Mas fica o repto a quem o quiser fazer.

Gosta de tempestades?
Ao longe.
E nos filmes, também.

Desporto?
Matraquilhos.
Futebol.
Natação.

Passatempos e Hobbies?
Ler, blogging, inventar receitas gastronómicas, ginasticar orçamentos, saír com os amigos, dançar, fazer puzzles e palavras cruzadas – detesto soduku.

Fobias e manias?
Roer as unhas quando estou nervosa ou ansiosa.
Levar os óculos de sol na mala, mesmo quando saio à noite.
Andar sempre com a mala atrás.

No último mês.....

Bebeu álcool?
Vinho, gin tónico, cerveja preta.
Basicamente, o costume...

Fumou?
Mais do que devia.

Usou drogas?
Não há....! :(

Fez compras?
Menos do que precisava.
Menos do que queria.
Menos do que podia.
Prioritizando, fizémos as compras mensais da casa.

Comeu um pacote inteiro de bolachas?
Dispenso. E mesmo que quisesse, ele come-as todas...

Comeu sushi?
Menos do que gostava.
Mas sim, comi.
Comeria todos os dias, se pudesse.

Fez biscoitos caseiros?
Fui fazer scones somente para responder que sim.
E porque adoro scones.
E ficaram óptimos!

Pintou ou cortou o cabelo?
O meu querido cabeleireiro ontem não me atendeu.
Preciso mesmo de um boost na imagem.

Roubou?
Trabalhei. Fiz boas vendas. O resto é uma questão de interpretação..

Número de filhos?
Menos 3 do que queria.
Zero, neste momento.

Como quer morrer?
Com o sentimento de “missão cumprida”.
Envolta em ternura e amor como aconteceu com a minha Mãe.
Mas sem mais de metade do sofrimento e um bocado mais tarde, saxavôr...
De preferência, gostaria de conhecer os meus netos, coisa que não lhe aconteceu...

Piercings?
Feito depois de uma directa a mamar jolas e a matraquilhar. Depois de uma erva fantástica. Bairro Alto, sábado de manhã. Zero remorsos. 100% de consciência (believe it or not!)
No umbigo.

Tatuagens?
Ainda na fase embrionária de projecto.
São tantos os motivos e tantos os sítios e tanta a vontade, que sei que mal comece, não pararei.

Quantas vezes o seu nome apareceu nos jornais?
Com o meu conhecimento, duas.
A primeira quando entrevistaram o meu Avô Marcelino – reportagem que comentei on-line no jornal e que apareceu escarrapachada na edição seguinte sem que eu o soubesse.
A segunda vez, foi quando agarrei nas fotos que tiraram do hospital para mostrar as condições em que a minha Mãe estava internada, e mandei por email para todos os meus contactos. Apareceu escarrapachado numa página inteira do “Correio da Manhã”, mais uma vez, sem o meu conhecimento prévio.

Cicatrizes no corpo?
(São mais as da Alma que as do corpo.)
Destaco uma na canela, resultado da minha primeira depilação aos 8 anos...
Ah! E os meus joelhos parecem mapas das quedas em miúda.
Só descobri as milhares que tinha na cabeça quando rapei o cabelo...

Do que se arrepende de ter feito?
Do que não fiz.

Cor favorita?
Vermelho-sangue.
Preto, que fica sempre bem.
Azul, como o mar e como o céu.

Qual a disciplina favorita na escola?
Português. Latim. Francês. Inglês.
Na Faculdade, Problemas da Cultura Portuguesa e Linguística (embora a p*ta da Prof. Me tenha dito que enquanto ela leccionasse aquela cadeira eu nunca a passaria. Ao qual lhe respondi que enquanto ela a leccionasse, eu nunca a assistiria...).

Um lugar onde nunca esteve e gostava de ir?
Macau

Manhãs ou Noites?
Noites até de manhã.

O que tem nos bolsos?
Por norma, isqueiro.
Por nunca o conseguir encontrar na vastidão da minha mala...

Em dez anos imagina-se......
Mãe.
Feliz.


Este desafio é para ti.
Sim, para ti mesmo.
Vais ver que vais gostar!

4 Grasnados:

At 8:20 da tarde, Blogger mfc aQUACKrescentou...

Giro este desnudamento.Gostei de ler...afinal todos temos uma costela de voyeurista, não é?!

 
At 11:29 da tarde, Blogger Ana aQUACKrescentou...

Gostei muito. Estes questionários são sempre interessantes. *

 
At 10:14 da manhã, Anonymous Pecola aQUACKrescentou...

(e nunca mais é dia 1 para poder mexer no meu blog....)

Precisas de uma ida à cabeleireira? Olha, recomendo.te umas miúdas do Centro de Formação... Ao que consta (uma colega minha foi lá na semana passada), elas rejeitam "clientes" com o cabelo comprido. Mas se o rapares antes de ires lá, não há.de haver problema. :P

(Vida desgraçada.. acordar, comer à hora do pequeno almoço, estar numa aula de cinco horas a aprender a fazer tabulações - lol - chegar a casa, comer, e cair na cama a ressonar...)

 
At 3:31 da tarde, Blogger Bina Ladina aQUACKrescentou...

Por acaso também fiz uma coisita destas mas como o diabo do meu blogspot tava armado em parvo tive de fazer uma versão redux.. mas redux mesmo, não é aquele redux que se alarga até sei lá onde do Apocalipse Now!
Só por acaso és ou conheces uma boa taróloga?
Daquelas que não cobram o c* e 5 tostões??
.. a modos q só vejo tarólogas mercenárias e eu a modos que sou pobrezita e isso :P
bjinho e bom feriado

 

Enviar um comentário

<< Voltar a' casa do Patos