Patita Feia

"Assim como falham as palavras quando querem exprimir qualquer pensamento, assim falham os pensamentos quando querem exprimir qualquer realidade." - F.P.

segunda-feira, agosto 04, 2008

Addio, adieu, aufwiedersehen, goodbye!

"Não há bem que sempre dure, nem mal que sempre ature." Prov. Pop.

De bissexto a bissexto, este blog serviu como muro de lamentações, companhia nas várias solidões, desabafo de emoções e limpeza de corações.

Várias foram as vezes em que ponderei terminar este blog.
Por não achar em mim forças para continuar.
Por não ver fundamento para
continuar.
Por não ter tempo nem disposição mental para continuar.
Por variadíssimas razões, todas elas para mim válidas.

Mas não, a Patita continuava Feia e a precisar desta "muleta".

Mas como tudo na vida se processa em fases, todas elas com princípio-meio-fim, também esta fase encontrou o seu terminus.

O Patita Feia foi criado com um intuito que nunca se concretizou, em vez de colocar textos por mim escritos no passado, passou a ser um diário de desabafos, pedacinhos de Alma, pensamentos, sofrimentos...
A sua missão foi cumprida!

Este blog valeu-me grandes amizades que muito prezo (sem desprimor para ninguém), sendo elas o Paulo Melhor Maninho do Mundo, a Smart & Clever Ribatejo-Girl FCP-ahólica Marta, a Doce-em Paz Elsa e a Mãe Coragem-Eterna Lutadora Alice

A amizade não se perde no tempo e no (ciber-)espaço, continuarei obviamente em contacto convosco, até porque o que acaba é este blog, nada mais.

Eu continuarei igual a mim própria, forte, determinada e a lutar por ser feliz!




















Agora sim, plenamente de bem com a Vida, acaba-se esta fase! Venham outras, de sucesso e Paz!

Porque diz a sabedoria popular que
nunca se deve voltar aos lugares onde fomos felizes, este blog acaba aqui, sem links escondidos nem promessas vãs no éter internauta, sem to be continued noutro url.

Um chuac-quack*

4 Grasnados:

At 4:17 da tarde, Anonymous The Pec aQUACKrescentou...

Não tenho palavras aqui comigo que te possam reconfortar como precisas, mas acredita que sei bem que há momentos assim.

Espero que, apesar do teu "sem to be continued noutro url", aproveites o tempo que precisares para mergulhares em ti e vires à tona nova. Às vezes é preciso, às vezes pensamos que é preciso.. enfim, isso agora não interessa nada e a escrita deve ser um prolongamento da vida enquanto coisa boa e não um prolongamento do sofrimento: ora balelas, digo eu a quem diz que ajuda. Ajuda nada. Ajuda a sermos piegas, a querermos compreensão e mimo de um lado de lá que, por ser tão distante, nunca nos poderá dizer "eu tinha.te avisado".

Faz a pausa que considerares necessária. Mas por favor não deixes de te expressar. De escrever. De dar novidades do teu mundo, que a pouco e pouco entrou no lado de cá.

Beijo enorme ribatejano, nortenho, e tudo e tudo e tudo,

*Pec*

p.s. Livra.te de escreveres The End. Nunca devemos abdicar daquilo que nos dá prazer. Por nada deste mundo. Só vivemos uma vez, right?

 
At 4:31 da tarde, Blogger Patita Feia aQUACKrescentou...

Oh querida, o facto de ter encontrado o propósito da minha vida faz com que este blog deixe de fazer sentido! Escrever... escreverei sempre! Mas no papel, como antes :)
Estou óptima, maravilhosa como nunca, sorridente, confiante, brilhante!
Deve ter sido do eclipse, gradualmente todas as vertentes da minha vida se orientaram numa única direcção: FELICIDADE!
Como nunca experienciei nada assim, tão completo, tão abrangente, tão simples, acabo com esta amarra a um passado com o qual já não me identifico, a pessoa que eu era que é a base do que sou, mas que tinha menos brilho, menos auto-confiança, que ligava demasiado à opinião de quem não a conhecia. Hoje sou igual a mim própria. Quem não gostar, que se lixe, quem gostar faça o favor de nunca me impedir de ser feliz!
*

 
At 11:00 da manhã, Blogger Xinha aQUACKrescentou...

Minha querida!

Há alturas na vida em que certas coisas deixam de fazer sentido. Simplesmente porque o mundo o pula e avança e nós o acompanhamos.

Simplesmente dizemos agora já num me apetece ir por aí.... agora apetecem-me outras coisas, apetece-me a vida mais vivida!! Enquanto escrevemos sobre ela por vezes deixamos de a viver um pouco, ou simplesmente "marramos" demasiado em vez de simplesmente deixar para trás e ir "brincar"! :)

Pode parecer estranho, mas acho k nós as duas temos um elo que nos liga.... passamos por muito, mas finalmente estamos a conseguir ver a vida de uma maneira melhor, estamos a conseguir tirar o que ela tem de menos bom e em vez de o guardar numa caixinha, deixamo-lo lá onde pertence.... no passado.... claro k há coisas k nunca se eskecem, mas ficam ao nosso lado de uma maneira melhor. Acho que estamos a aprender a viver!! :D

Fico muito feliz por te ver finalmente feliz!

 
At 11:55 da manhã, Blogger Avis Rarum aQUACKrescentou...

e onde nos encontramos agora? aqui não há horarios pra visitas, e até podem ser estilo medico, passei-vi-fui, digo se quiser, se não, nem digo, mas passo...
e agora? onde nos encontramos?
osculos

 

Enviar um comentário

<< Voltar a' casa do Patos